A evasão nas universidades aumenta

O programa “Profissão Certa” pode ser uma saída para estudantes com dúvidas em relação aos caminhos profissionais que escolheram

willian3

Pauta: Lígia Zampar
Reportagem: Willian Casagrande Fusaro
Edição: Kauana Neves

Foi preocupada com a questão da evasão na universidade que a Pró-reitoria de Graduação da UEL deu início ao programa “Profissão Certa”. Ele é coordenado pela psicóloga Ingrid Caroline de Oliveira Ausec, graduada e especialista em Marginalização na Infância e Adolescência pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) e especialista em Educação Especial pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). Segundo Ingrid Ausec, o projeto é aberto a alunos do cursinho pré-vestibular da UEL e estudantes da graduação, e consiste em uma reorientação profissional, reforçada por pesquisas e conversas realizadas entre os psicólogos e os participantes, bem como estes e profissionais que atuam em diversas áreas. As inscrições para participar do programa podem ser feitas na Pró-reitoria. O Conexão Ciência conversou com Ingrid Ausec e a psicóloga explicou os métodos e as expectativas do programa.

Conexão Ciência: Quando esse projeto surgiu?
Ingrid Ausec:
Surgiu em setembro de 2008, só com a questão da orientação profissional. No início desse ano, ele expandiu com a contratação de mais psicólogos e voltou-se um pouco mais aos estudantes de cursinho pré-vestibular, para orientar melhor os futuros universitários.

Conexão Ciência: Como o projeto funcionará? Ele realizará também palestras com diversos profissionais de áreas distintas?
Ingrid Ausec:
Na reorientação, são realizadas entrevistas individuais com os estudantes, nas quais perguntamos as motivações que o fazem pensar em desistir. Após quatro ou cinco entrevistas, dependendo do ritmo do aluno, ele desenvolve subsídios para tomar decisões em relação à sua profissão e ao seu curso. Motivamos os alunos a fazer entrevistas, conversar com profissionais da área em que está ou de áreas de importância, realizar pesquisas em relação aos cursos de interesse, fazer progressões do futuro da profissão etc. As palestras podem ser efetivadas futuramente, pois o programa está ainda começando. Outras atividades serão avaliadas adiante.

Conexão Ciência: A PROGRAD divulgou estatísticas de evasão de cursos ou o “Profissão Certa” é uma medida preventiva?
Ingrid Ausec:
A média de evasão, segundo a Divisão de Política de Graduação, está em torno de 9%. Observamos que os alunos pensam de três formas quando pretendem desistir dos cursos: alguns continuam no mesmo, desanimados, acreditando que ele se tornará mais atrativo adiante; outros desistem e trancam a matrícula quando se sentem insatisfeitos; alguns, mesmo apáticos em relação ao curso, continuam e decidem prestar o vestibular no fim do ano. A maioria dos estudantes, segundo as estatísticas, resolve levar o curso mesmo descontentes, e só uma pequena parcela desiste de vez.

Conexão Ciência: Qual é o perfil do aluno que procura os serviços do programa?
Ingrid Ausec:
A maior demanda é de estudantes do primeiro ano, os que ingressam no ensino superior e já se assustam. Quanto aos períodos, a menor procura vem de estudantes do período integral. Alunos mais jovens, principalmente os que ingressam logo após terminar o Ensino Médio, são os que mais recorrem ao programa. É interessante observar o papel da família do aluno, que muitas vezes o pressiona para que ele fique e termine o curso para não “perder tempo” com cursinho pré-vestibular.

Conexão Ciência: Há alguma relação entre os problemas familiares ou financeiros com a indecisão ou a desistência do estudante?
Ingrid Ausec:
Muitos problemas somam-se e podem confundir o estudante. Muitas vezes a família não apoia a escolha do aluno, o estudante tem de trabalhar e estudar e se sente carregado ou não acompanha o andamento do curso. Há também alunos que não conhecem muito bem os cursos e que sustentam certos “mitos” sobre eles. Para esses, o programa aconselha conversas com profissionais da área formados na universidade que ele pretende entrar.

Conexão Ciência: Alguns pesquisadores afirmam que os jovens têm de escolher um direcionamento profissional muito cedo e em uma idade conturbada, que simboliza a passagem para a vida adulta. Qual a sua opinião em relação a isso?
Ingrid Ausec:
O período é complexo, difícil e, de alguns anos pra cá, pessoas fazem muitas escolhas em idade cada vez mais precoce e, na maioria das vezes, forçadamente. Além disso, há mais de 300 profissões possíveis apenas em nível universitário, o que torna a escolha mais complicada. Contudo, o aluno deve entender que a escolha profissional, bem como muitas outras decisões, pode ser revista, diferente de outras (escolhas) da vida. Se o aluno não acertar de primeira, tudo bem, sempre é tempo para recomeçar.

Conexão Ciência: Qual deve ser o papel dos familiares e dos amigos enquanto esse estudante enfrenta essa fase conflitante?
Ingrid Ausec:
O estudante é orientado a conversar com o máximo de pessoas possíveis: amigos, pais, outros estudantes e profissionais da área. Em relação aos pais, eles devem compreender que o processo de revisão da escolha profissional não é uma perda, e sim um redescobrimento. Os pais têm de conversar com os filhos, participar desse processo. O estudante deve, no entanto, filtrar as opiniões que escuta dos seus amigos e pais, pois nem toda opinião pode repercutir positivamente para o sucesso da reflexão.

Conexão Ciência: O fator dinheiro pesa muito na hora do repensar da profissão?
Ingrid Ausec:
Um bom salário é importante sim, mas a maioria dos estudantes pensa mais em conseguir satisfação pessoal no curso e, futuramente, quando atuar no mercado de trabalho. Procuro salientar que quem é bom e persiste no que faz consegue seu espaço.

Anúncios

One Response to A evasão nas universidades aumenta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: