Projeto do Departamento de Psicologia trabalha Inclusão Social em Londrina

Com ajuda de voluntários, ‘Galera de Deus’ ajuda bairos carentes

A professora Maria Luiza Marinho Casanova com as doações de cadernos e apostilas que foram trocados por cadernos novos

Edição: Tatiane Hirata
Pauta: Laura Almeida
Reportagem: Marina Dias
A professora Doutora Maria Luiza Marinho Casanova, do departamento de Psicologia Geral e Análise do Comportamento da UEL, é responsável pelo projeto de extensão Galera de Deus: Ações multidisciplinares para estruturação familiar e inclusão social em bairros do município de Londrina. Entre os objetivos do projeto, que é voltado para comunidades carentes, estão a prevenção da delinquência, o incentivo aos estudos e a reestruturação familiar. Para alcançar tais objetivos, são promovidas, entre outras ações, oficinas que incentivam a geração de renda para as famílias e doação de alimentos e materiais escolares, além de oficinas de música e atividades lúdicas.
 
É comum conhecermos pessoas que manifestam seu desejo de ajudar o próximo. No entanto, tal desejo nem sempre se concretiza. Há quem faça boas ações, mas raramente ouvimos histórias como a da psicóloga. “O Galera de Deus é mais que um projeto de extensão, ele começou como um projeto de vida meu e do meu marido. Surgiu da vontade de ajudar as outras pessoas, quebrar a rotina da pobreza em que muitos vivem”, explica a professora, que é pós-doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de Granada, na Espanha, doutora em Psicologia Clínica pela USP, especializada em Psicoterapia na Análise do Comportamento e graduada em Psicologia pela UEL. “No começo, com a correria do dia-a-dia, achávamos que não iríamos conseguir, então meu marido saiu do emprego dele para se dedicar exclusivamente ao projeto”, completa.
 
Maria Luiza também conta que o Galera de Deus começou com doações menores e foi crescendo à medida que conseguia parceiros. “Quando tinha promoção de legumes no supermercado, nós comprávamos em grande quantidade para levar para as comunidades. Ao perceber isso, o supermercado se interessou em nos ajudar, porque muitos desses legumes são jogados fora quando ainda estão em boas condições de consumo, mas já não se encaixam no padrão exigido pelo estabelecimento para que ele seja vendido”, diz. Segundo a coordenadora do projeto, desde julho de 2009, o projeto distribui no mínimo 300 quilos de alimento por dia – de segunda a sábado – em bairros da zona leste de Londrina, entre eles Fraternidade e Jardim Pindorama.
 
As parcerias como a do supermercado são parte importante do Galera de Deus. “Nossa sede fica no Jardim Pindorama e o aluguel é pago por um empresário que faz parceria com o projeto. Uma loja de instrumentos musicais doou flautas para que as crianças pudessem ter aulas de música, ministradas por uma voluntária ”, afirma a psicóloga, que se diz satisfeita também com a divulgação do projeto que tem sido feita em telejornais da cidade.
 
“No começo, nós chegávamos com os alimentos sem saber pra quem doar. Os moradores dos bairros ficavam desconfiados, mas não tivemos nenhum problema. Da primeira vez que eu fui a uma dessas comunidades, não consegui dormir porque fiquei pensando na alegria daquelas crianças tão pequenas ao ganharem legumes, que a maioria das crianças não gosta”, lembra-se a psicóloga. Ela conta que, hoje, as pessoas dos bairros atendidos indicam outras localidades para receber ajuda. “Na Fraternidade, nos disseram que o bairro Santa Fé era bastante necessitado. Quando entregamos alimentos no Santa Fé, uma senhora disse que tínhamos que ir ao Morro Carrapato, porque lá eles precisavam mais ainda”, diz  Maria Luiza.
 
Para a coordenadora do projeto, o Galera de Deus é uma forma de fazer com que os estudantes da universidade tenham contato com a realidade dos bairros atendidos. “É uma oportunidade de os estudantes se envolverem. Por atendermos lugares afastados, muita gente não tem conhecimento dessas realidades. Ajudar o próximo traz coisas boas não só para a vida de quem é ajudado, mas de quem ajuda também. O sentimento de indiferença deixa de existir”, afirma a professora. Além dos estudantes de psicologia, o projeto também conta com pessoas da área do Design Gráfico e é aberto a todo o público que se interesse em ser voluntário. “Muitas pessoas propõem atividades que gostariam de fazer nas comunidades carentes. A contação de histórias que teremos em breve vai acontecer porque duas voluntárias se disponibilizaram a fazer”, explica a psicóloga.
 
As atividades que o Galera de Deus promove visam prevenir a delinqüência e que as crianças tenham problemas com drogas. Segundo Maria Luiza, foram oferecidas atividades de férias, sorvetadas, um encontro com o corpo de bombeiros e arrecadação de cadernos e apostilas antigas que foram trocados por material escolar por uma papelaria da cidade, também parceira do projeto. Esta última ação foi feita com o objetivo de incentivar os estudos. No entanto, a coordenadora diz que conquistar a confiança dos pequenos é só uma parte do trabalho: “É preciso atingir as famílias. Vamos começar a dar palestras para orientar os pais sobre como lidar com os filhos. Há muita falta de informação”. A professora diz ainda que pretende promover cursos de alfabetização para adultos e cursos profissionalizantes, como incentivo para a geração de renda.
 
O vínculo do projeto Galera de Deus com a psicologia vem por meio da prevenção da delinqüência. “Falta informação nas famílias e a psicologia não tem mais dúvidas do que deve ser feito para evitar a delinquência das crianças. Elas precisam de amor, limites e supervisão”, explica Maria Luiza Casanova. Ela completa dizendo que pretende fazer um estudo à longo prazo das crianças atendidas. “Já é possível observar mudanças no comportamento de algumas crianças. Estou muito satisfeita com os resultados do projeto até agora”, diz. 
Quem se interessar em fazer parte do projeto Galera de Deus pode entrar em contato pelo e-mail galeradedeus@uel.br ou pelo número (43) 8824-7689.
 
 
 
Créditos da Foto: Arquivo Pessoal
 
Ano 7 – Edição 83 – 21/03/2010
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: