Palestra aborta comunicação entre Literatura e Cinema

Evento apresentado no CCH trata da intermedialidade entre Literatura e Cinema

Edição e Pauta: Fernanda Cavassana
Reportagem: Isabella Sanches

Foi apresentada na UEL, em setembro a palestra “Literatura e cinema sob o prisma da
intermedialidade”. Ministrada pelo professor doutor Adalberto Muller, a palestra aborda a
comunicação que deveria existir entre literatura e o cinema, e como esse diálogo beneficiaria
ambas as partes. Aldaberto Muller possui Graduação em Letras e Mestrado em Literatura Brasileira
pela Universidade de Brasília (Unb), Doutorado em Letras pela Universidade de São Paulo (USP) e
Pós-Doutorado na Universidade de Münster, na Alemanha. Atualmente é professor de Teoria da
Literatura e de Literatura e Cinema na Universidade Federal Fluminense, onde atua no Programa
de Pós-Graduação em Estudos Literários. O Conexão Ciência conversou com o professor
Muller sobre a palestra.

Conexão Ciência: Como começou o seu interesse pelo cinema?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
Em primeiro lugar eu sempre tive paixão por cinema. Eu havia
concluído o meu doutorado em letras e acabou que a única vaga que apareceu era na área de
cinema, então eu acabei voltando a um projeto antigo. Mas, hoje sou professor na Universidade
Federal Fluminense e faço questão de permanecer nas letras porque sei que o local do cinema é
lá.

Conexão Ciência: Como surgiu a ideia para a palestra?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
Surgiu por um convite da UEL, do programa de pós-graduação.
Surgiu em função também do meu envolvimento com a Associação Brasileira de Literatura
(ABRALIT), que abriu uma seção para discutir a relação literatura e outras mídias. Existe na área de
letras uma abertura para discussões sobre cinema, o que eu acho muito interessante.

Conexão Ciência: Na palestra você menciona que a letras ainda estão fechadas para o
cinema. Por que isso ocorre?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
Em grande parte por desconhecimento de aspectos mais
técnicos, mas também por uma resistência dos nossos letrados ao lado massivo. O cinema visto
como arte de massa e a elite intelectual brasileira sempre pensa mais em termos minoritários.
Então tudo que parece massivo, parece nocivo. E isso criou certo descaso dos letrados brasileiros
em relação ao cinema.

Conexão Ciência: Porque o cinema acaba migrando para a comunicação?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
O curso de comunicação formou quadros para o jornalismo e
também começou a formar quadros para o cinema, quadros técnicos inclusive. Então a
comunicação acabou centralizando também as pesquisas e os estudos de cinema, que
tradicionalmente em alguns países, como os de língua inglesa, Portugal e França, começa dentro
do curso de letras. Aqui, como não houve interesse dos nossos letrados, o cinema acabou
migrando para a comunicação e agora espero que volte em parte para as letras.

Conexão Ciência: Como pode haver o diálogo entre as letras e o cinema?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
Do ponto de vista teórico, os estudos de cinema dentro da área de
comunicação desenvolveram questões teóricas que são importantes para a literatura hoje. A
literatura hoje está dentro de um sistema midiático, hoje você lê no Ipod e quando você lê no Ipod
você está lendo dentro de uma mídia. Quem tem essas mídias é a comunicação, então o diálogo
com a comunicação é importante. Agora quando se estuda a questão das narrativas, do cinema
como narrativa, da literatura como narrativa, é a literatura que pode ensinar melhor a área de
comunicação então o dialogo nesse sentido é importante e deve ser feito.

Conexão Ciência: Com esse diálogo o que mudaria no curso de letras?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
Em primeiro lugar é importante que se ensine cinema nos cursos
de letras, porque isso vai fazer com que os professores de português possam ensinar cinema nas
escolas. Em um país onde a maioria do consumo de narrativas é através do áudio visual, é preciso
que alguém ensine as nossas crianças o que é o áudio visual e os professores de português
poderiam fazer isso se dessem nos cursos de letras formação para isso.

Conexão Ciência: E o que mudaria no cinema, com o diálogo cinema e literatura?
Prof. Dr. Adalberto Muller:
No cinema nós teríamos mais espectadores, espectadores mais
informados que iriam exigir um cinema de maior qualidade. Iria ser uma mudança significativa.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: