Projeto do Departamento de Música e Teatro proporciona vivência musical de qualidade ao Ensino Infantil

O objetivo é ampliar e enriquecer o conhecimento musical infantil

Projeto leva música de qualidade às escolas

Edição: Tatiane Hirata
Pauta: Beatriz Pozzobon
Reportagem: Deborah Vacari
“O ensino de música se dá por meio de possibilitar a vivência musical para as crianças”, afirma a professora mestre Helena Ester Munari Nicolau Loureiro*, que coordena o projeto de extensão “Música Criança: produção musical voltada para criança entre o nascimento e os dez anos de idade”, do departamento de Música e Teatro da Universidade Estadual de Londrina.

A professora Helena Loureiro explica que a ideia do projeto surgiu do trabalho com as crianças no estágio.  “Atualmente, nossos alunos no estágio têm papel de professores. Ministram aulas de música, fazem planejamento de ensino com a nossa supervisão”, explica.

Para a professora, as crianças precisam vivenciar a música por meio do contato musical. “Esse contato fará com que a criança amplie seu conhecimento musical e com que este não fique restrito só àquilo que a mídia oferece”.

Aos estudantes que participam do estágio, o projeto proporciona momentos de música ao vivo para as crianças. A coordenadora Helena Loureiro explica que apresentações com temas relacionados ao que foi trabalhado nas aulas acontecem no final de cada semestre. Como exemplo, ela cita “uma estagiária que trabalhou com o samba no semestre passado”.

Helena Loureiro destaca que o projeto integra ensino e extensão. “Ensino é a parte do estágio e a extensão envolve o que está além do estágio, ou seja, outras ações que realizamos”.  Os acadêmicos do curso de Música inscrevem-se em um grupo de estágio chamado ‘Grupo Multiserial de Estágio e Prática de Ensino’. Isso ocorre desde o primeiro ano do curso e, a partir desse processo, formam-se os grupos que desenvolverão os projetos que o curso oferece.

O desenvolvimento do projeto Música Criança ocorre no Centro de Educação Infantil, situado na UEL, que compreende crianças de zero a seis anos de idade; e também na Escola Municipal Norman Prochet, situada no Parque Guanabara, em Londrina, que tem o ensino fundamental do primeiro ao quinto ano. A professora destaca que a Escola Municipal obteve melhor nota no Índice de Desenvolvimento da Educação – IDEB – “um indicador para análise de qualidade do ensino oferecido no país”.  De acordo com ela, as aulas de música são ministradas duas vezes por semana e cada grupo possui em média oito estagiários.

Desde o seu primeiro ano de faculdade, o acadêmico do segundo ano do curso de Música, Fernando Magre, participa do projeto e relata sua vivência. “O projeto Música Criança tem uma proposta muito interessante que é a de produzir música de qualidade voltada à infância. A cada reunião, aprendo uma coisa nova, sobre arranjo, instrumentação, harmonia, composição, etc. Nas apresentações, temos contato com nosso público: as crianças. Elas são muito atentas e interessadas e tornam o nosso trabalho gratificante”.

 

A coordenadora Helena Loureiro revela que há ainda outra ação, que é a montagem de um espetáculo infantil. “O professor Mário Loureiro compôs canções sobre os poemas infantis de Carlos Francovig, de acordo com a sugestão do poema”. A professora destaca que os arranjos são feitos coletivamente pelos estudantes do curso de Música, sob a direção musical do professor Mário Loureiro, também do Departamento de Música e Teatro.

Está prevista para o início do semestre a gravação de um CD com canções inéditas. De acordo com  professora Helena Loureiro, “até o término dessa etapa do projeto, aspira-se por um material que envolva o CD e um livro de poesias”.

A professora Helena Loureiro destaca que o enriquecimento cultural é uma das ações do projeto e que esse é um dos motivos para a escolha da faixa etária de zero a dez anos. “O  maior efeito que se poderia ter com o projeto é possibilitar o acesso de repertório rico musicalmente, rico no ponto de vista da poesia. É extremamente gratificante ver a expressão das crianças quando elas assistem a uma apresentação. A correspondência que buscávamos, que é atingir a criança em sua fantasia, em sua imaginação, acontece”, conclui.

 

*Helena Ester Munari Nicolau Loureiro é graduada em Educação Artística – Habilitação  em Música pela Faculdade Santa Marcelina (1988), especialista em Metodologia da Ação Docente (1999) e mestre em Educação (2006) pela Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Créditos: http://nbastos.blog.com/2008/11/12/a-importancia-da-musica/


 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: