Papel da mídia na sustentabilidade é tema de palestra na Semana Municipal de Paz

O jornalista da Globonews, André Trigueiro, acredita na “interatividade” dos meios de comunicação com a população para conscientizar sobre o bom uso dos recursos naturais e a preservação da vida

O jornalista André Trigueiro abre a "Semana da Paz" em Londrina

Edição: Karina Constancio
Pauta: Beto Carlomagno
Reportagem: Leonardo Caruso

“O uso consciente dos meios de comunicação para a manutenção de um mundo sustentável é um dos principais papéis dos comunicadores na sociedade”, é o que diz André Trigueiro, autor de um blog* sobre o assunto, editor-chefe do programa “Cidades e Soluções” e apresentador do “Jornal das Dez”, ambos do canal Globonews.

O assunto foi abordado em palestra da 11ª Semana de Paz de Londrina. Com o tema “Mídia de Paz: A contribuição da imprensa na construção de um mundo sustentável”, o jornalista chamou atenção para três grandes tópicos a serem observados por aqueles que desempenham o papel de informar: o ecocídio, o suicídio e o uso das ferramentas midiáticas.

Para André Trigueiro, em primeiro lugar devemos atentar à questão da escassez de alimentos e bens necessários para a sobrevivência. Tomando como exemplo a tragédia causada pelo furacão Katrina em Nova Orleans, nos Estados Unidos, ele explicou o conceito de ecocídio: “após a tragédia, as pessoas tiveram que esperar em um abrigo até poderem voltar a suas casas. Só que essa liberação demorou mais tempo que o previsto. O que no início era solidariedade transformou-se em disputa, violência e até mesmo em suicídio”.

O segundo ponto a se prestar atenção é o suicídio. “É normal o aumento de casos entre pessoas mais velhas, mas o número tem aumentado entre jovens. Um suicídio traumatiza cerca de sete pessoas do convívio do suicida”, releva o jornalista.

O terceiro tópico abordado – e a intersecção entre os elementos anteriores como ferramenta de combate a destruição coletiva e a auto-destruição – é o uso consciente dos meios de comunicação. “Causamos problemas decorrentes do mau uso das ferramentas midiáticas. Devemos ter consciência crítica e não deixar a pressa se tornar uma desculpa para ultrapassar os limites éticos que norteiam o trabalho”, afirma. André Trigueiro acredita que a comunicação é convincente e tem credibilidade diante da população e deve, portanto, prezar pela informação que ensina, ao invés do sensacionalismo. “Temos que noticiar as coisas ruins, mas sem sensacionalizar. Devemos noticiar as tragédias, mas também conscientizar as pessoas. A educação é inversamente proporcional à violência. Quanto maior for a educação das pessoas, menor o índice de violência”, explica.

O jornalista também conversou com estudantes de jornalismo e apresentou alguns conceitos que permeiam seu trabalho, dentre eles a questão da construção civil, que deveria ser melhor explorada já que é o ponto de partida da sustentabilidade. “As construções deveriam ser preparadas para tratar água e captar energia por formas alternativas, como a solar”, explica.

Para André Trigueiro, a definição de sustentabilidade deve ser revista e usada com parcimónia. “Não existem carros ou empresas sustentáveis, mas existe a utilização consciente e sustentável dos recursos. Sustentabilidade é respeitar os limites de uso de um determinado bem”, acrescenta. Para ele, uma ação é sustentável a partir do momento que os benefícios são equalizados com os impactos que causa.

Para encerrar a conversa, foi abordada a necessidade de se formar jornalistas que conhecem a “questão ambiental”, uma vez que todas as áreas profissionais exigem conhecimento da realidade ecológica. “O jornalista é um analfabeto se não sabe o que é urgente ou importante no mundo. E a questão da sustentabilidade está presente na política, na economia, na saúde, na ciência e tecnologia”, complementa.

A palestra fez parte da 11a. Semana de Paz de Londrina, organizado pelo Conselho Municipal de Cultura de Paz de Londrina (COMPAZ), que vai até o dia 25/09 e tem como objetivo discutir ações para um convívio sustentável e pacífico das pessoas. Mais informações podem ser encontradas no site http://www.londrinapazeando.org.br.

*http://www.mundosustentavel.com.br/

Crédito da foto: Reprodução

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: